lockquote Resenha: Legend - Marie Lu ~ Diurnos - Os Leitores

terça-feira, 26 de abril de 2016

Resenha: Legend - Marie Lu






Título: Legend
Autora: Marie Lu
ISBN: 9788579802058
Páginas: 256
Editora: Rocco
Avaliação: 4/5 estrelas
Skoob

O que antes for a o Oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação perpetuamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos distritos mais ricos da República, a adolescente de quinze anos June, é um prodígio prometida ao sucesso no mais alto círculo militar do país. Nascido nas favelas, o adolescente Day é o criminoso mais desejado do país. Mas sua motivação pode não ser tão maliciosa quanto parece. De mundos muito diferentes, June e Day jamais cruzariam o caminho do outro, até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Presos em um jogo de gato e rato, Day está correndo para salvar a vida de sua família, enquanto June deseja vingar a morte de Matias. Mas em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu, e até onde seu país está disposto a ir para guardar seus segredos.


Em 2130 no Estados Unidos da América que conhecemos, temos a República, uma sociedade distópica, que procura proteger todos os seus Patriotas. Quando completam 10 anos, são obrigadas a passar por um teste, que irá lhes dizer qual será a sua função na sociedade. June, uma das protagonistas, recebeu a pontuação máxima de 1500 e é considerada a menina prodígio. Aos 15 anos, estuda em uma faculdade e está em preparação para servir ao governo no exército.



Também iremos conhecer Day, um menino considerado o maior inimigo da República, pois é acusado de muitos crimes e vive se escondendo pelas ruas da cidade. Ele tem uma família, mãe e irmãos, mas não pode visitá-los. Quando Day recebe a notícia de que eles foram infectados com a praga que está tomando conta da República, se vê na hora de se revoltar contra o governo e ir em busca de uma cura para salvar quem ele ama.

"Minha mãe costumava ter a esperança de que eu renasceria de minhas humildes raízes, de que me tornaria bem-sucedido, e até famoso."

Quando peguei este livro para ler, pensei que seria um distopia semelhante Jogos Vorazes e Divergente, pois com a grande quantidade de livros do gênero que estamos tendo, isso não seria nenhuma surpresa. Mas a forma como a distopia é tratada é surpreendente. Talvez nem tanto original, mas muito inteligente e marcante.


E isso nos leva a uma coisa que eu, particularmente, odeio que façam: comparar livros! Os livro merecem ter o seu próprio mérito e não mérito de um outro que fez sucesso, e isso vem do leitor e principalmente da editora, PAREM QUE ESTÁ FEIO. Às vezes, por questão de marketing, ou sei lá, mas isso me deixa com uma vergonha alheia imensa.

"-Nunca lhe perguntei sobre esse nome de guerra. Por que Day? - Porque cada dia significa novas 24 horas. Cada dia quer dizer que tudo é possível de novo. Você pode aproveitar cada instante, pode morrer num instante, e tudo se resume a um dia após o outro. [...] - E aí você tenta caminhar sob a luz."

Posso ser meio suspeito de falar sobre Legend, por ser do meu gênero favorito, mas é um livro com uma grande crítica social, com uma trama bem elaborada e com personagens cativantes. A autora consegue prender o leitor, e as quase 260 páginas do livro passam muito rápidas, mas sem perder a diversão e emoção, ela também consegue equilibrar a distopia, com cenas de ação e personagens fortes perfeitamente bem, e foi o que mais me envolveu na história.

Eu recomendo muito o livro, se você gosta de distopias, este é um prato cheio para você, espero que goste! Um grande Abraço e até mais!



Jorge Henrique

Jorge Henrique Ama o Universo dos livros, das séries de TV e da Matemática, seus autores preferidos são Cassandra Clare, J.K. Rowling, David Levithan, Verônica Roth, Cornélia Funk, e seu maior sonho é ter uma enorme biblioteca em seu quarto, mas por enquanto se contenta com o que tem. Facebook

←  Anterior Proxima  → Página inicial