lockquote Resenha: Maze Runner - Correr ou Morrer ~ Diurnos - Os Leitores

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Resenha: Maze Runner - Correr ou Morrer



Título: Maze Runner - Correr ou Morrer
Páginas: 426
Ano de Lançamento: 2010
Autor: James Dashner
Editora: Verus
Avaliação: 5/5 + Favorito

Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho.Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeado por garotos que o acolhem e o apresentam à Clareira, um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar - chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo.Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr, correr muito. 

Neste livro conhecemos Thomas, um jovem que logo no inicio da historia acorda em uma clareira com outros meninos que vivem lá há algum tempo. E nos é apresentado o modo de vida deles lá naquele lugar, que no decorrer da história vai ficando cada vez mais sinistro.

De 30 em 30 dias um novo garoto chega para se juntar aos outros, e depois de poucos dias da chegada de Thomas, chega uma menina, algo inédito, pois até então eram só meninos e chegava periodicamente. 

Na Clareira há um labirinto, onde alguns dos clareanos, os Corredores, são escolhidos para estudarem e percorrerem o mesmo, crentes em encontrar uma saída, mas até agora nada foi encontrado, apenas teorias e mais teorias.

Quando Thomas e a menina chegam, isso começa a mudar, a rotina dos clareanos não será mas a mesma. E essa distopia, se inicia quando eles querem sair de lá, e e os novatos, motivaram eles mais ainda.

E é a jornada deles para desvendar o labirinto, lutar contra algo que eles não sabem o que é e sobreviver a todos os perigos da Clareira que acompanhamos neste primeiro volume da distopia escrita por Jhames Dashner.

Eu só li o primeiro livro, mas estou louco para ler os outros, é uma distopia bem diferente das que estou acostumado a ler, cheio de ação e aventura, o autor conseguiu me prender do começo ao fim, e a história teve um "final" deixando algumas pontas soltas para os próximos livros e com algumas cenas bem tristes.

Também já assisti o filme, claro que o livro é melhor, mas a adaptação está bem fiel, na minha opinião, e conseguiram passar toda a emoção dos livros. Se você está procurando por uma nova distopia, diferente de Jogos Vorazes e de Divergente, Maze Runner está mais que recomendado, gostei muito da leitura, e que venha o segundo :) .

Jorge Henrique Ama o Universo dos livros, das séries de TV e da Matemática, seus autores preferidos são Cassandra Clare, J.K. Rowling, David Levithan, Verônica Roth, Cornélia Funk, e seu maior sonho é ter uma enorme biblioteca em seu quarto, mas por enquanto se contenta com o que tem. Facebook

←  Anterior Proxima  → Página inicial