lockquote Diurnos - Os Leitores

[Caçadores de TAGs] Facções (Divergente)

Confira a TAG Facções de Divergente, série distópica de Veronica Roth.

10 Livros para Ler ainda em 2015

Jorge dá uma de louco e seleciona, no finalzinho do ano, mais 10 livros para ler.

[Book Tag] Tag dos 50%

A Tag dos 50%, onde conto sobre os livros melhores, piores e mais bonitos do primeiro semestre de 2015.

[Halloween] Resumindo a Série #1 - Supernatural

Confira a opinião de Larissa, sobre a sua série favorita, Supernatural.

[Caçadores de Tags] Cálculos Literátios

Confira nossa tag original, Cálculos Literários, juntando a Matemática e a Literatura...

domingo, 3 de julho de 2016

TBR - #MLI2016





Fala pessoal! Beleza? Bom, hoje venho apresentar para vocês a minha TBR da Maratona Literária de Inverno 2016 (#MLI2016):


Vídeo de Apresentação (por Geek Freak):


Eu coloquei 3 livros por semana, porém, só pretendo ler dois e se der tempo, leio o terceiro. 



Semana 1: Encalhados
Livros que estão na estante há mais de um ano



Semana 2: Hype
Livros que receberam uma quantidade grande de promoção; que foram muito falados




Semana 3: Outros Mundos
Livros que se passam em outros universos, planetas e/ou realidades




Semana 4: Diversidade
Livros com elementos ou personagens que representem diferentes culturas, costumes e/ou etnias




Então foi isso pessoal! Conta para mim se vocês vão participar da maratona, e quais vão ser os livros que você vai ler! Um grande abraço e até mais!

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Book Tag: Tag dos 50% (2016)








Fala pessoal! Beleza? Bom, como no ano passado, eu vim fazer e responder a Tag Dos 50%, traduzida pelo Victor Almeida do Geek Freak, que consiste em contar para vocês um pouco das minhas leituras do primeiro semestre de 2016.

1. O melhor livro que você leu até agora, em 2016.



Foi A Fúria dos Reis de George R.R. Martin, e que livro hein? O autor é brilhante, isso todos sabem, e a suas obras são mais ainda!


2. A melhor continuação que você leu até agora, em 2016.


Poderia ser o mesmo da pergunta anterior, porém vou citar A Luva de Cobre, porque seguiu o mesmo padrão do primeiro volume, que por sinal foi colocado como melhor livro do primeiro semestre de 2015.


3. Algum lançamento do primeiro semestre que você ainda não leu, mas quer muito.



Dama da Meia-Noite da Cassandra Clare, gente. Shadowhunters é necessidade na minha vida....


4. O livro mais aguardado do segundo semestre.



Para ser bem sincero, eu não estou ligado em lançamentos esse ano... Porém em Agosto vai lançar o livro The Bronze Key, terceiro livro da trilogia Magisterium, da Cassandra Clare e da Holly Black.


5. O livro que mais te decepcionou esse ano.


Condão, do autor nacional Giordano Mochel Neto, eu expliquei o porquê na resenha que fiz aqui no blog, confiram.

6. O livro que mais te surpreendeu esse ano.



O Oráculo Oculto, eu não esperava muita coisa, depois que os livros do Rick Riordan começaram a me decepcionar bastante, mas como não se apaixonar por Apollo??


7. Novo autor favorito (que lançou seu primeiro livro nesse semestre, ou que você conheceu recentemente).



Eu vou dar uma roubadinha nesta pergunta, ano passado eu li Guerra dos Tronos, gostei, mas não tinha dado nada ao senhor George Martin, depois, neste ano, li dois livros dele (Dragão de Gelo e A Fúria dos Reis) e ele se tornou um dos meus autores favoritos.


8. A sua quedinha por personagem fictício mais recente.



Podem me julgar a vontade, mas Cersei Lannister é a minha musa inspiradora, tanto da série da HBO, quanto dos livros.

9. Seu personagem favorito mais recente.



Com toda certeza, Jon Snow de As Crônicas do Gelo e Fogo.


10. Um livro que te fez chorar nesse primeiro semestre.



É impossível não chorar com a morte de um personagem em A Ordem da Fênix (quem leu sabe), que por sinal, reli neste semestre, então conta né?


11. Um livro que te deixou feliz nesse primeiro semestre.


The Martian (Perdido em Marte) de Andy Weir, foi um livro incrível e cheio de piadas que me fez rir.

12. Melhor adaptação cinematográfica de um livro que você assistiu até agora, em 2016.


Bom, vou colocar aqui O Lobo de Wall Street, que foi baseado no livro com o mesmo nome, que eu ainda não li...


13. Sua resenha favorita desse primeiro semestre (escrita ou em vídeo).



Foi a resenha de Minha Querida Sputnik, confira ela aqui.


14. O livro mais bonito que você comprou ou ganhou esse ano.


Sem dúvidas foi o box de Os Instrumentos Mortais que comprei.


15. Quais livros você precisa ou quer muito ler até o final do ano?



Quero muito ler: Toda Luz Que Não Podemos Ver, O Rei do Inverno e Doctor Who - Shada.


_________________________________________

Então foi isso pessoal! Espero que tenham gostado, conte para mim aí nos comentários qual foi a sua melhor leitura neste semestre, um grande abraço e até mais!

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Resenha: Central de Histórias - Claudinei Sevegnani



Título: Central de Histórias
Autora: Claudinei Sevegnani
ISBN: 9789895141838
Páginas: 168
Editora: Chiado
Avaliação: 4/5 estrelas
Skoob

Lila e Klauss possuem, numa pequena sala, uma máquina capaz de transformar histórias de vida. Ela é o que sobrou de um passado de reinvenção do futuro: um computador da Central de Histórias que permitia o processamento de pedidos para inúmeras transformações. Após sua extinção decretada pelos governos, resta apenas o computador de Klauss e Lila, mantido nos fundos de uma livraria de modo clandestino. A existência desse computador, porém, compromete-se quando Saulo, um ajudante da livraria, começa a ter problemas cada vez mais sérios e vai procurar a ajuda de Dr. P., um médico muito adorado pelos três.

Klauss e Lila possuem uma máquina capaz de modificar a história das pessoas, conhecida como a Central de Histórias. No passado,o equipamento era bem famoso, e várias pessoas possuíam esta brilhante tecnologia, porém, depois do caos, que com certeza iria causar, todos os exemplares foram destruídos, ou quase todos... O único que restou foi o dos nossos protagonistas, que ganham dinheiro modificando histórias de pessoas anônimas clandestinamente, já que isso se tornou crime depois da extinção das Centrais de Histórias.

Conheceremos a história através do ponto de vista de Saulo, um ajudante da livraria onde é escondido a máquina, e amigo de Klauss e Lila, ele os ajuda com o trabalho, tanto do estabelecimento, quanto o de encontrar clientes para a Central de Histórias. Ao decorrer da trama, o grupo começa a apresentar problemas técnicos e pessoais, o que faz com que recorram à ajuda do Dr. P., outro amigo deles, possível "crush" de Saulo e importante personagem para o desenvolver da trama e solução dos problemas.

"Ouça, Saulo, eu sei, vislumbramos um mundo, não tão cheio de certezas, não tão cheio de coisas prontas. Pro mundo que costumamos olhar, olhamos devagar e depois olhamos com muita pressa, esperando e não querendo esperar, querendo ter sem querer ter."

Começando a falar sobre o livro... a história é muito bem trabalhada, tendo um timing certinho para brincar e oscilar entre passado e presente, sem confundir o leitor; o narrador é bem posicionado na trama, não é o personagem principal, mas está a par e participa na construção do plot até o seu desfecho.



O autor brinca bastante com a imaginação do leitor, deixando algumas coisas sem explicações, para que você consiga imaginar do seu jeito, claro que sem ser confuso, o final é bem esclarecedor e um pouco emocionante, porém senti falta de aprofundamento, tanto nos personagens, quanto na trama em si, isso impossibilita imaginar a forma física do personagem, como disse, isso fica por sua conta, o que é uma pena pois existiam muito mais coisas para serem exploradas.

A edição do livro é simples, como a maioria dos livros da Chiado, porém não deixa de ser bonita, adorei a capa e todos os desenhos que passam bem o que a história nos conta, o autor é muito bom no que faz, com sua escrita bem detalhada e poética, que faz a gente se perguntar como ele teve capacidade de pensar naquilo, porque juro para vocês, eu não teria.

Então foi isso pessoal! Deixa aí nos comentários o que achou do livro e da resenha, um grande abraço e até mais!!

sábado, 25 de junho de 2016

Apresentando: Poesia Falante Arte Pensante - Gui Ortolan



Bem-vindo ao mundo escrito em versos, estrofes e frases
nobres. Aqui você não pode usar nada, apenas tudo, sua imaginação!
Seus pensamentos ditam suas atitudes e fazem de você quem
realmente é. Bem-vindo ao mundo onde os sonhos se tornam realidade,
fazendo-se mais pensante, em cada palavra, em cada instante.
Expanda seu conhecimento, divirta-se e sinta o ritmo em tudo. Descubra os segredos de um mundo onde a Poesia é Falante e a Arte é Pensante e vice-versa.

  Título: Poesia Falante Arte Pensante
Autor: Gui Ortolan
Editora: Chiado
Páginas: 76 Ano de Publicação: 2016
ISBN: 9789895161805

sexta-feira, 17 de junho de 2016

[Li até a página 100 e... #03] Central de Histórias - Claudinei Sevegnani




Fala pessoal! Beleza? Bom, hoje eu vim fazer o terceiro post da coluna: Li até a Página 100 e.., criada pelo blog Estante Lotada. Hoje, o livro da vez é Central de Histórias, romance nacional escrito por Claudinei Sevegnani e publicado pela Chiado Editora, parceira aqui do blog, confiram as minhas impressões sobre as 100 primeiras páginas do livro:

Primeira Frase da Página 100: 

"-Só por curiosidade - eu perguntei - quanto tempo leva para uma história ser efetivada pela máquina exclusivamente?"

Do que se trata o livro?

Klauss e Lila possuem em mãos a única máquina que sobrou, depois que todas as Centrais de Histórias foram destruídas pelo governo, elas são capazes de transformar histórias, até o momento ainda não ficou claro como isso acontece, os dois trabalham ilegalmente, atendendo pedidos de clientes anônimos e garantindo o sustento deles. Ameaças começaram a surgir e junto com isso problemas técnicos na máquina.

O que está achando até agora?

Estou achando a história bem trabalhada, é instigante, porque até então não sabemos como a máquina funciona direito, o que vai acontecer com as ameaças e como eles vão consertar os problemas que a Central de Histórias apresentou, estou gostando bastante da leitura.


O Que está achando dos personagens principais?

Nada a acrescentar, pois eles não são bem trabalhados, eu apenas gostei bastante de como o narrador-personagem narra a trama, participando secundariamente dela, mas sabendo de tudo e tornando a contagem da história bem dinâmica. Também gostei da parte de não envolver romance no livro, estava saturado de leituras amorosas e grudi-grudi.


Melhor quote até agora:

"[...] esta história nunca se tratou de amor. E nunca será de amor , você sabe, todos nós sabemos"

Vai continuar lendo?

Eu não tenho muita escolha, até porque é um livro de parceria, e eu me comprometo a ler todos os livros de parceria que chegam aqui, mas a história em si é muito boa e instigante, então com certeza irei ler até o final e em breve contar, na resenha, as minhas considerações finais sobre o livro.

Última frase da Página:

"De qualquer maneira eu precisava de dados verdadeiros. Mas como?"


quarta-feira, 15 de junho de 2016

Apresentando: Aprendiz de Arquimago - Michael A. Iora




Fala pessoal! Beleza? Bom, e mais uma vez, hoje venho apresentar outro livro que a editora Chiado me enviou de parceria, Aprendiz de Arquimago do autor nacional, Michael A. Iora:

“Você foi honrado com a oportunidade de ser meu discípulo, uma honra que qualquer um dos acadêmicos de Everard desejaria, pois embora tenham bons mestres, eu estou muito acima de todos eles. O treinamento será muito mais árduo, não duvide disso, mas terá suas recompensas. Se sobreviver, digo, se resistir até o final, sob a minha orientação você virá a tornar-se um mago de altíssimo valor, admirado e invejado por muitos.”
Entretanto, o menino elfo descobre amargamente que tamanha honra não é concedida sem que um alto preço tenha de ser pago, e que simplesmente estar sujeito ao desagradável temperamento de seu excêntrico e arrogante tutor deve ser a pior prova que alguém pode ter de suportar. Não obstante, ele se vê obrigado a enfrentar não apenas um treinamento extremamente rígido e insano, mas também a saudade de sua mãe e um sentimento de urgência crescente.
Conseguirá o garoto conquistar sua tão desejada graduação, superando todos os desafios impostos e, pior, a crueldade e intolerância de seu próprio mestre?
 Título: Aprendiz de Arquimago
Autor: Michael A. Iora
Editora: Chiado
Páginas: 630 Ano de Publicação: 2015
ISBN: 9789895149360

Sobre o Autor:

Nascido em 1981 em Ijuí, Rio Grande do Sul, Brasil, sempre teve fascinação por histórias de fantasia. Em 1999, então com 17 anos e inspirado pela obra-prima de J.R.R. Tolkien, O Senhor dos Anéis, decidiu criar seu próprio mundo de fantasia para utilizar como cenário para uma saga a ser desenvolvida com seu grupo de RPG, e desse jeito surgiu o mundo de Herannon.

E aí o que acharam? Gostaram da premissa e do mundo de Herannon? Bom, aguardem que logo mais tem resenha aqui no blog! Não se esqueça de comentar aí em baixo!! Um grande abraço e até mais!
Proxima  → Página inicial