lockquote [Li até a Página 100 e... #02] O Próximo da Fila - Henrique Rodrigues ~ Diurnos - Os Leitores

terça-feira, 3 de maio de 2016

[Li até a Página 100 e... #02] O Próximo da Fila - Henrique Rodrigues



Fala pessoal! Beleza? Bom, hoje eu vim fazer o segundo post da nova coluna aqui do blog: Li até a Página 100 e.., criada pelo blog Estante Lotada. Hoje, o livro da vez é O Próximo da Fila, romance nacional escrito por Henrique Rodrigues, confiram as minhas impressões sobre as 100 primeiras páginas do livro:

Título: O Próximo da Fila
Autor: Henrique Rodrigues
Páginas: 192

O próximo da fila é um original e divertido romance de formação, que retrata com leveza e poesia os sonhos, as frustrações e os medos de uma das épocas mais conturbadas que vivemos: a entrada na vida adulta. Após a morte do pai, o protagonista de O próximo da fila – de quem não sabemos o nome – se vê subitamente responsável por ajudar a mãe a cuidar da casa e do irmão mais novo. Jovem e inseguro, consegue emprego em uma rede de fast-food, trabalho que tenta conciliar com os estudos, e encontra seu primeiro amor – uma garota cujo sumiço misterioso será o derradeiro passo da dura e necessária transição para a maturidade.

Primeira Frase da Página 100: 

"[...]Comenta-se que demitiu um gerente de equipe, inferior na hierarquia,que havia discordado acerca da temperatura correta na qual uma porção de nuggets deveria ser servida.[...]"

Do que se trata o livro?

O livro vai contar a história de um jovem que acaba de perder o pai, e querendo ou não é o novo "homem" da casa, mesmo ainda estando no ensino médio. As regalias que o dinheiro que o pai ganhava permitia, já não são mais acessíveis, por isso ele terá que estudar em escola pública, e posteriormente arrumar um emprego, e o único lugar que ele é aceito: uma multinacional de fast-food.

O que está achando até agora?

A leitura é muito rápida, tive que parar de ler para escrever este post e quando terminar já vou pegar o livro para finalizá-lo. A trama é bem envolvente, por ser comum no dia a dia, mas nem tanto explorada em obras de ficção. Os diálogos não tem travessão e nem aspas, e os personagens não possuem nomes, apenas alguns apelidos como "a baixinha", "a tia dois", mas ambos os fatos não incomodam a leitura.


O Que está achando do personagem principal?

Eu estou me identificando muito com o personagem, ele gosta de ler, está no ensino médio, e entre outras coisas que ele cita e faz no decorrer do livro, as emoções dele são bem expostas para o leitor, conseguimos sentir tudo o que ele está sentindo, porém não sabemos o nome dele, como disse na pergunta anterior. 


Melhor quote até agora:

"[...]Existem basicamente dois tipos de pessoas: aquelas que já se arrependeram e as que ainda vão se arrepender. Pertenço a ambos.[...]"


Vai continuar lendo?

Com certeza, como já disse, a leitura é muito rápida e a história te prende, você quer saber o que vai acontecer com a vida e com a família do protagonista.


Última frase da Página:

"[...] que abafa qualquer som lá de cima antes de chegar à pequena gerência.[...]"

Jorge Henrique

Jorge Henrique Ama o Universo dos livros, das séries de TV e da Matemática, seus autores preferidos são Cassandra Clare, J.K. Rowling, David Levithan, Verônica Roth, Cornélia Funk, e seu maior sonho é ter uma enorme biblioteca em seu quarto, mas por enquanto se contenta com o que tem. Facebook

←  Anterior Proxima  → Página inicial