lockquote Resenha #46 - Peter Pan: A Origem da Lenda - J. M. Barrie ~ Diurnos - Os Leitores

domingo, 27 de dezembro de 2015

Resenha #46 - Peter Pan: A Origem da Lenda - J. M. Barrie



Título: Peter Pan: A Origem da Lenda
Autor: J.M. Barrie
ISBN: 9788579309205
Páginas: 96
Editora: Universo dos Livros
Skoob
Sinopse: Um dos mais célebres personagens da história da literatura em edição inédita no Brasil!Criada no início do século XX, a lenda encantadora do Peter Pan tornou-se, com o passar do tempo, um símbolo da eterna infância e do imaginário infantil na divisa com o mundo dos adultos. Em uma edição inédita no Brasil, a editora Universo dos Livros apresenta a origem do clássico que marcou gerações!Embarque nesta fantástica jornada, onde você desbravará junto ao “menino que não queria crescer” a zona esquecida dos Jardins de Kensington, local onde a lenda tomou forma. Conheça também as incríveis fadas que lá habitam, bem como as outras espécies de seres míticos.Dê asas à sua imaginação e conheça Peter Pan como você nunca viu!

Fala aí galera! Beleza? Então, a editora Universo dos Livros, me convidou para falar com vocês sobre o lançamento deles, o livro Peter Pan: A Origem da Lenda, que o filme, como o mesmo título, estreou estes dias mesmo nos cinemas, eu ainda não vi, então não posso falar se é baseado ou não neste livro, mas então, vamos à resenha!

A história, como já é de se imaginar pelo título, é como se fosse um prelúdio da trama de Peter Pan original que conhecemos. e consequentemente não iremos encontrar Wendy e seus irmãos em nenhum momento da história. Aqui teremos como Peter "nasceu", e cresceu até se tornar a lenda da Terra do Nunca.

"O coração de Peter era tão feliz que ele sentia que poderia cantar o dia todo, assim como os pássaros cantam de alegria"

Inicialmente, o autor nos introduz, que todas as pessoas nascem como pássaros, e aprendem a voar, mas com ao decorrer do tempo, quando são crianças, perdem esta habilidade.Os pais teriam que ir aos Jardins de Kensington, e colocar uma espécie de carta nos lagos, pedindo um filho. Esta carta chegaria ao Corvo Salomão, e ele enviaria o(s) bebê(s) para quem pediu. Mas muitas vezes Salomão gosta de "zoar" com a cara das pessoas, e enviam o contrário do que elas pedem, se querem menino, vai menina, se pedem um, vai dois, pedem crianças calmas, vai crianças agitadas, e assim por diante...
Peter foi uma dessas crianças, mas quando viu que queria voltar aos Jardins, retornou para onde nasceu, deixando sua mãe sozinha e preocupada em casa. E em meio a conflitos e indecisões, e a uma narrativa prazerosa e fantasiosa, o autor contará a história para uma criança chamada David, que é sempre citada na história, o que faz o leitor se sentir como ele, imaginar todas as cenas, como se literalmente alguém tivesse te contando uma história.

"Já os barcos chiques não têm nada para guardar. Alguém volta a essas lembranças mágicas da infância por conta dos barcos chiques que teve? Ah, isso não. É o barco de gravetos que vem carregado de memórias"

Eu gostei bastante do livro, pois cresci vendo Peter Pan, e eu adorava (e adoro mais ainda a versão maléfica de Once Upon a Time). Este ano, eu li o livro original escrito por J.M. Barrie, e também amei. Agora, saber como foi a origem deste ícone infantil, foi bem divertido e nostálgico.

Sobre o filme, eu ainda não o vi, mas estou louco para ver, pelo trailer, pareceu ser muito bom, e eu realmente espero gostar! Caso queiram que eu fale do filme depois de assistir, deixe aí nos comentários que com certeza farei um post comentando a minha opinião.

Bom, eu não vou contar muito da história para vocês, pois pode ser spoiler, porque o livro é bem curtinho, espero muito que vocês leiam, principalmente se você gosta da história original de Peter Pan, tanto a animação da Disney, o filme, ou até mesmo o livro, espero que tenham gostado e até mais!


Jorge Henrique

Jorge Henrique Ama o Universo dos livros, das séries de TV e da Matemática, seus autores preferidos são Cassandra Clare, J.K. Rowling, David Levithan, Verônica Roth, Cornélia Funk, e seu maior sonho é ter uma enorme biblioteca em seu quarto, mas por enquanto se contenta com o que tem. Facebook

←  Anterior Proxima  → Página inicial