lockquote [Primeiras Impressões] Dez Coisas Que Aprendi Sobre o Amor - Sarah Butler ~ Diurnos - Os Leitores

sexta-feira, 31 de julho de 2015

[Primeiras Impressões] Dez Coisas Que Aprendi Sobre o Amor - Sarah Butler



A Editora Novo Conceito entrou em contato com alguns blogueiros literários, para que estes, pudessem ler uma degustação digital do futuro lançamento deles: "Dez Coisas que Aprendi Sobre o Amor" da Sarah Butler, e eu li essas primeiras páginas, e vou falar um pouquinho da história para vocês:

No livro vamos conhecer Alice, uma mulher, que não se sente a vontade com sua própria família, que acabou de chegar de em Londres, depois de uma longa viagem ao exterior, e descobre que seu pai está morrendo.

"Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade? SKOOB


Também conhecemos Daniel, um mendigo, que não teve uma casa por mais de trinta anos, mas quando chega em Londres, percebe ali é o seu lugar, a sua casa, que não pôde construir, ele está a procura de sua filha, mas não a conhece, sabe somente o nome dela.

Estas duas histórias são nos contadas simultaneamente, uma em cada capítulo, e antes de começar as narrativas, temos uma lista de 10 coisas relacionadas ao amor, que o personagem faz. Uma história sobre o amor, de várias maneiras, o perdido, o encontrado,o regresso à família, e o poder dos laços que unem.

"Uma vez que tenha me apaixonado, acho quase impossível me desapaixonar. Não é algo que torne a vida mais fácil"

Nestas primeiras 20 páginas, já dá para ter uma noção que, o livro vai ser bem emotivo, tratando de amor entre famílias, a história é bem interessante, e fiquei curioso para saber mais sobre. A escrita da autora tem cara de ser bem fluente e não massante, então, só esperando o lançamento para poder afirmar com certeza.

“Esperava que você estivesse ali, que tivesse parado e perguntado se eu estava bem, mas você não estava; de qualquer modo, estou acostumado às pessoas não prestarem atenção."

A Capa nacional está perfeita, eu amei essa capa Brasil! A diagramação está muito boa, coisa que a Novo Conceito vem caprichando cada vez mais!

A Editora também pediu, para que fizéssemos uma lista de 10 coisas que sabemos sobre o amor, e eu pedi para a Laura e a Larissa fazerem também, então confiram:

Jorge:


1) O Amor pode machucar as vezes , como diz Ed Sheeran em sua música Photograph: "Loving can hurt sometimes";

2) Aprendi no livro Apenas Um Ano da Gayle Forman, que, para amar outras pessoas, é preciso amar a si mesmo;

3) Não deixar as suas amizades de uma vida inteira para ir ficar com um amor passageiro, isso aprendi assistindo How I Met Your Mother, pois amigos também podem se amar;

4) Em Once Upon a Time aprendi que conseguimos amar as pessoas apesar de tudo de errado que ela fez;

5) Amar é aceitar as diferenças, assim como em Extraordinário, em que os amigos de Auggie os amam independente da sua deficiência;

6) Amor é você dar sem receber, assim como as nossas mães, que nos dão tudo, e não esperam nada da gente, mas mesmo assim fazemos de tudo para agradá-las;

7) O Amor pode suportar décadas, assim como em Vaclav & Lena, onde os personagens passaram anos sem se ver, mas se amavam do mesmo jeito;

8) O Amor pode se criar da maneira mais inusitada possível, assim como em Eu, Você e a Garota que Vai Morrer, em que Greg conseguiu amar Rachel, como amiga, quando ele era uma pessoa rancorosa;

9) O Amor consegue vencer doenças e mortes, assim como nos contos de fadas, e em Se Eu Ficar, basta apenas acreditar;

10) O Amor pode nos encorajar a ter atos heroicos, como em TMI, que Simon abriu mão das suas memórias para salvar os seus amigos.



Laura

1. Não escolhemos quem amamos, mas escolhemos com demostrar nosso amor.

2. Amar é querer essa pessoa ao nosso  lado sempre.

3. Mas se não pudermos ter essa pessoa do nosso lado, queremos que ela seja feliz do mesmo jeito.

4. Amor não são só os momentos felizes, mas também os momentos tristes.

5. Quando amamos, todos os defeitos viram qualidades.

6. Amar demais é ruim, mas não é amar é ruim do mesmo jeito.

7. Quanto mais amor, mais aprendemos à viver.

8. Amar é confiar no que amamos.

9. Amar não é gostar, muito menos sofrer por ele.

10. Nem sempre temos finais que desejamos no amor, mas assim com os livros o fim pouco importa, pois o que importa é o desenvolvimento que dá significado à história.

Larissa

1* Amor verdadeiro é aquele onde duas pessoas amam, independente das situações e problemas que possam viver

2* O amor faz você sentir coisas inexplicáveis

3* Não existe amor ao próximo, se você não ama a si mesmo

4* O amor te faz sonhar,faz voce acreditar, leva voce para um outro mundo,onde o impossível é sempre possível

5* Por amor a gente muda,a gente amadurece, a gente enlouquece

6* No amor você não pode iludir , nem deixar que seja iludido

7* Amor é quando voce perde um dente mas nao tem medo de sorrir porque sabe que seus amigos ainda vão te amar mesmo faltando uma parte de você

8* O amor é lindo , te leva para o mundo das nuvens , mas quando acaba ... o fundo do poço parece ser raso para você

9* No amor não tem restrições , você ama a pessoa por inteira, não importa a cor, religião, vestiário, se é rico ou pobre...

 10* É você estar ao lado das pessoas que ama, nos bons e maus momentos, é ser verdadeiro e acima de tudo... Saber perdoar e admitir que sem o amor , você não é nada.

Então foi isso pessoal, espero que vocês tenham gotado deste post, deixe aí nos comentários se vocês está ansioso(a) para este lançamento, deixe também as coisas que vocês sabem sobre o amor :D, Até Mais e tchau!

Jorge Henrique Ama o Universo dos livros, das séries de TV e da Matemática, seus autores preferidos são Cassandra Clare, J.K. Rowling, David Levithan, Verônica Roth, Cornélia Funk, e seu maior sonho é ter uma enorme biblioteca em seu quarto, mas por enquanto se contenta com o que tem. Facebook

←  Anterior Proxima  → Página inicial