lockquote Resenha: Em Chamas ~ Diurnos - Os Leitores

domingo, 17 de maio de 2015

Resenha: Em Chamas



Título: Em Chamas
Título original: Catching Fire  
Número de Páginas: 416
Ano de Lançamento: 2011
Editora: Rocco
Avaliação: 5/5 +Favorito

Sinopse:Depois de ganhar os Jogos Vorazes, competição entre jovens transmitida ao vivo para todos os distritos de Panem, Katniss agora terá que enfrentar a represália da Capital e decidir que caminho tomar quando descobre que suas atitudes nos jogos incitaram rebeliões em alguns distritos. Os jogos completam 75 anos, momento de se realizar o terceiro Massacre Quaternário, uma edição da luta na arena com regras ainda mais duras que acontece a cada 25 anos. Katniss e Peeta, então, se veem diante de situação totalmente inesperada e, dessa vez, além de lutar por suas próprias vidas, terão que proteger seus amigos e familiares e, talvez, todo o povo de Panem.

Ambientado num futuro sombrio, a série é pioneira de uma tendência que vem ganhando força no mercado de bestsellers juvenis: a dos romances distópicos e pós-apocalípticos. As obras renderam à autora Suzanne Collins lugar na badalada lista de 100 personalidades mais influentes do ano da revista Time. Com narrativa ágil e ousada, os livros da trilogia foram traduzidos para 42 países e vêm atraindo leitores de diversas faixas etárias.

Inspirada pelo mito grego de Teseu e o Minotauro e bebendo nas melhores fontes da ficção científica, Suzanne Collins faz uma dura crítica à sociedade atual – ao sensacionalismo, ao desperdício e à violência – e prende a atenção do leitor da primeira à última página com um romance envolvente e perturbador.

Em Chamas conta sobre a volta de Katniss, agora vencedora , ao seu distrito depois dos Jogos Vorazes, ele fala mais sobre o conflito que ela causou com a Capital após ter dado a amora para Peeta e ela, e, sobre seu relacionamento com Gale e Peeta. A 75ª edição (Massacre Quartenário) acontece no livro Em Chamas, no qual a Capital surpreende a todos com uma edição um tanto quanto diferente das outras, como sempre acontece à cada 25 anos.

A narrativa da Suzanne Collins é ótima, em 1ª pessoa, podemos ter um pouco mais da perspectiva de Katniss, assim como no primeiro, podemos sentir o que ela sente ao longo da narrativa, no presente.

Particularmente, eu prefiro muito mais esse ao primeiro, Jogos Vorazes, ele pode demorar um pouco mais à  ter o ponto de ação, mas foi mais emocionante, pois nos deparamos com novos personagens, uma nova arena, e novos perigos... e tudo de bom, porém não temos o triangulo amoroso em foco no livro.

O fim do livro é chocante, para quem é acostumado a ler últimas frases de livros, não é uma boa ideia, pois acaba totalmente com a esperança de uma vida fácil à nossa personagem, nos três livros na verdade, tem o negócio de uma vida dura à Katniss, mas sempre tende a piorar, de certa forma é um massacre à Katniss e ao leitor.

Se você ainda não viu a resenha de Jogos Vorazes, aqui no Blog, não se esqueça de ver, e é isso aí pessoal, até mais.

Laurinha Carvalho É uma estudante que em seu tempo livre ajuda seu amigo a administrar um blog. Seu maior sonho é... é Laura tem muitos grandes sonhos, todos não irão caber aqui. Facebook

←  Anterior Proxima  → Página inicial