lockquote Resenha: O Diário de Anne Frank - BEDA #4 ~ Diurnos - Os Leitores

sábado, 4 de abril de 2015

Resenha: O Diário de Anne Frank - BEDA #4







Título: O diário de Anne Frank
Título Original: Het Achterhues Dagboekbrieven
Páginas: 373
Editora: BestBolso (Grupo Editorial Record)
Ano de lançamento: 2014
Autor: Anne Frank
Avaliação: 5/5+favorito
Skoob
Sinopse:  Ao longo deste período, a jovem Anne Frank escreveu em seu diário toda a tensão que a família Frank sofreu durante a Segunda Guerra Mundial. Ao fim de longos dias de silêncio e medo aterrorizante, eles foram descobertos pelos nazistas e deportados para campos de concentração. Anne inicialmente foi para Auschwitz, e mais tarde para Bergen-Belsen. A força da narrativa de Anne, com impressionantes relatos das atrocidades e horrores cometidos contra os judeus, faz deste livro um precioso documento. Seu diário já foi traduzido para 67 línguas, e é um dos livros mais lidos do mundo. Ele destaca sentimentos, aflições e pequenas alegrias de uma vida incomum, problemas da transformação da menina em mulher, o despertar do amor, a fé inabalável na religião e, principalmente, revela a rara nobreza de um espírito amadurecido no sofrimento. Um retrato da menina por trás do mito.
O livro "O diário de Anne Frank" é narrado pela própria garota. Conta fatos reais que aconteceram com ela e sua família entre os anos de 1942 e 1944, durante a Segunda Guerra Mundial.

No início de seu diário ela narra os fatos de sua casa em Amsterdã, Holanda. Dias depois os fatos passam a ser narrados do esconderijo, também em Amsterdã, onde ela e sua família se refugiaram da guerra por serem Judeus.

Anne não narra só o que estava acontecendo, mas também demonstra seus sentimentos e suas emoções em relação a guerra e a si mesma.

"Sinto-me má ao dormir numa cama quente, enquanto em algum lugar meus melhores amigos estão caindo de exaustão ou sendo derrubados. Fico apavorada quando penso em amigos íntimos que agora estão a mercê dos monstros mais cruéis que já assolaram a terra. E tudo porque são Judeus.
Sua Anne"

Este foi um dos livros mais comoventes que já li, não tem como não se emocionar com a brutalidade de como tantas pessoas foram tratadas, é horrível só de pensar o que elas passaram, mas mesmo assim é um bom livro de se ler para refletir sobre a crueldade que já existiu. As vezes eu fico pensando será que esta realidade esta tão longe dos dias atuais? Bem eu não sei responder a está questão...

Hoje foi isto pessoal, espero que gostem e se não leram ainda este livro, leiam vale a pena. Deixe sua opinião aí nos comentários e até mais!


←  Anterior Proxima  → Página inicial