lockquote Resenha Extraordinário - R. J. Palacio ~ Diurnos - Os Leitores

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Resenha Extraordinário - R. J. Palacio






Título: Extraordinário
Original: Wonder
Páginas: 320
Ano de Lançamento: 2013
Editora: Intrínseca
Avaliação: 5/5 + Favorito


O livro Extraordinário vai contar a história de August Pullman, um menino que nasceu com uma síndrome genética que deformou seu rosto. Foi considerado um "Milagre da Medicina", pois  quando nasceu os médicos lhe deram apenas 2 dias de vida. Agora já tinha 10 anos (prestes a fazer 11). Passou por diversas cirurgias e nunca tinha ido à escola, seus pais o educava em casa, mas os conhecimentos que tinham era pouco para repassar ao menino. 

Os pais de Auggie (apelido que os amigos mais próximos e a família lhe deram), decidiram que já era hora de ir para escola. O que Auggie não gostou no começo, mas acaba aceitando com a condição de desistir a qualquer momento. E sem querer tem uma "missão":  convencer os colegas da escola, que sua aparência não revela sua personalidade.

"Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil."


Então o Sr. Buzanfa, diretor da escola que Auggie irá estudar, antes das férias chama 3 alunos que ele considera "Legais" para mostrar a escola para o "novato", Charlotte, Julian e Jack Will que se tornará seu amigo, o ajudando e se divertindo com ele.

Auggie tem uma irmã chamada Via(apelido) ou Olívia, que gosta dele como ele é. não se preocupa com a sua aparência, mas se irrita com as pessoas que ficam "olhando torto" para ele, pois acha que seu irmão se sente mal e ela também.

Na escola, Auggie é apelidado de vários apelidos esquisitos, como por exemplo " Aberração". Os alunos evitam tocar nele, menos Summer e Jack Will, que se tornam seus amigos.

No livro cada parte é contada em primeira pessoa por um personagem, e claro a maior parte é do August. A maioria conta um pouco da história e da convivência que tem com o menino. Uma das partes mais irritantes é a do namorado da Olivia, o cara é um mala, além de não ter pontuação nenhum em sua narrativa.

Eu gostei muito deste livro, as vezes, ele chega até ser emocionante. Senti muita pena do Auggie, quando seus colegas de classe deram a ele maus apelidos. O preconceito que ele sofre por sua aparência é enorme e tocante. 

O livro tem uma mensagem bonita e também um "PUXÃO DE ORELHA" para a Sociedade. E é de uma leitura de fácil compreensão.

"Vamos criar uma nova regra de vida... sempre ser um pouco mais gentil que o necessário."
Essa foi a resenha deste livro maravilhoso, espero que gostem, deixe aí nos comentários o que achou!

Jorge Henrique Ama o Universo dos livros, das séries de TV e da Matemática, seus autores preferidos são Cassandra Clare, J.K. Rowling, David Levithan, Verônica Roth, Cornélia Funk, e seu maior sonho é ter uma enorme biblioteca em seu quarto, mas por enquanto se contenta com o que tem. Facebook

←  Anterior Proxima  → Página inicial